Páginas da vida.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Sempre quando chega a noite, eu e o meu coração, como de costume, conversamos. Ele insiste em ficar ao seu lado. Me acusou de todas as promessas que eu fiz pra você. Ele começou então a citar, tudo o que você é na minha vida. E assim como de costume, as lágrimas cairam novamente. Mais dessa vez, eram lágrimas quentes e inseguras. Eu não sei o que aconteceu. O cenário era o de costume: meu quarto escuro, e a nossa musica. Eu estava ali, indefesa. Ele tinha critérios contra mim. Me dizia que ele era o meu dominio e que você é a minha necessidade. Eu concordei. Disse algumas coisas. Ele não quis me ouvir, apenas acusou: ATITUDE, por que palavras você deixa o vento levar!

2 comentários:

TeenTação disse...

oi flor...vi q vc é a nova seguidora e integrante da familia Tentação..amamos ter vc conosco..
estamos te seguindo tá?
vai lá no blog e participa do concurso que estamos fazendo junto com a Embelleze..
Bjo

Elen Abreu disse...

Oi
Belo texto!

Bjão e boa tarde (: