Páginas da vida.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

( Obs. Estou considerando essa carta, meu amor, como um relato de um coração arrependido e apaixonado... )

 Oi minha menina, tudo bem com você ? Eu espero que esteja melhor do que nunca...Sabe meu amor, eu não sei por onde você anda. Queria pelo menos saber onde estão fixados os seus olhos nesse momento. O que será que a minha menina está fazendo agora?! Você insistia em me ligar no fim do dia, só para perguntar: "Amor você vem me ver ?! " Ah! Que tempo bom minha lindinha. Eu nunca te dei o valor que você merecia. Porque eu fui incapaz de oferecer a você, ou ao menos corresponder o amor que você sentia? É eu errei. E hoje eu percebi o quanto você foi importante na minha vida. Se eu pudesse voltar ao tempo e te trazer de volta, com certeza eu te ofereceria o valor merecido. Você está chorando agora? Será que está com outro? Eu não sei mais o que se passa em sua mente. Não sei por onde você anda. Eu daria todos os meus valores só pra te ter aqui por um momento. Só pra olhar nos seus olhos e apenas dizer: eu sempre amei você. Só que o meu orgulho nunca deixou eu dizer isso. Porém, hoje eu caminho feliz  pois eu tenho a certeza de que eu fiz parte da sua vida. E um dia, o seu lindo sorriso me pertenceu.  Obrigado por continuar viva meu amor. Hoje, levo os meus erros comigo, e todo o arrependimento. Embora você não esteja comigo, quero que seja feliz. Porque só pelo fato de você existir, pra mim já se torna um motivo único pra seguir em frente. Eu nunca vou esquecer as lembranças e os nossos momentos. Na verdade eu não vou esquecer você, não agora
Atenciosamente: o seu admirador de ontem, hoje, amanhã e sempre. ( Embora você não saiba! ) 

P.s. Carta não enviada.
texto fictício

5 comentários:

Elen Abreu disse...

Muito tocante essa carta =)
Pensei que era real,ficou linda!

Bjos querida!Boa noite

Arnoldo Pimentel disse...

Emocionante a carta, linda mesmo,parabéns e tudo de bom pra você,beijos.

Silviah Carvalho disse...

Nossa! me pareceu tanto com uma carta que recebi em 1997 que guardo até hoje e tento me lembrar da pessoa que me enviou, mas não consigo.
Parabéns, muito lindo tudo aqui.

Ariana disse...

Primeira vez que venho aqui e me deparo com essa carta mais que perfeita!
Você esta de parabéns, escreve super bem!


Beijos

Lídia Pauletti disse...

" Embora você não esteja comigo, quero que seja feliz"

lindoo post *-*

Beijinhos e boa semana!