Páginas da vida.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Titanic.

Poderá ser como um titanic. Podemos viver um amor perfeito. Podemos fugir, arriscar, sem ter medo, só uma certeza de que nascemos um para o outro. Poderá ser como um titanic. Os olhares desejados, o amor envolvendo duas pessoas. Poderá ser intenso. Depende de nós. Doar sorrisos, dar as mãos um para o outro, e quando não houver saída ficarmos juntos, superando o mundo. Poderá ser como um titanic. Vamos nos entregar, vamos nos completar. Não é o mesmo cenário, onde há um navio enorme, cheio de pessoas de diversas classes e atitudes, juntamente com falsidade. Na verdade o nosso cenário é a realidade, onde envolve o mundo real com os mesmos aspectos das pessoas citadas em um titanic. E nós temos muito pouco tempo. Vamos desabafar, chorar, sentir um ao outro. Nada de fantasias, podemos basear nossa história em outra. Poderá ser como um titanic. Se nós dois ficarmos juntos, construiremos uma história impossivel e feliz, poderá ser como um titanic. Vai ser profundo, forte e duradouro. Não importa as dores, os obstaculos. E quando tudo estiver afundando, olharemos pra frente, e salvaremos o nosso navio. O que importa é viver. Poderá ser como um titanic. Arriscar, tentar, ultrapassar. A história? Todo mundo conhece. Na verdade, está em nossas mãos a nossa história, basta vivermos. E realmente, poderá ser como um titanic. O que eu não aceito é o mesmo final. O resto a gente resolve. Poderá ser como um titanic. Porém, podemos alterar o final da nossa história e renovar, conforme a nossa vontade. Aliás, podemos ir além da perfeição do titanic.

2 comentários:

Karen Almeida disse...

Tá aí um filme melooooso que eu assisto a cada bimestre e ainda me dou a luxO de chorar u.u
Não sei se é a perda do Léo ou se é a sensação de que para o amor ser eterno tem que terminar assim =/

Depois começei ver este filme e esta história de outra forma, não como o AMOR perfeito, e sim como PAIXÃO.
Eles não ficaram nem uma semana juntos, não tiveram tempo de conhecer os defeitos do outro,tiveram apenas aquela sensação de aventura, de perigo ou tudo aquilo que nós sentimos quando estamos entrando em um novo relacionamento... o diferencial e o que "eternizou" este "amor" foi a morte de um dos corações!

Portanto....devemos ir além do Titanic ^.~

Ótimo texto, parabéns! ^^

**Desculpa esta Angolana aqui por fazer um comentário tããão biG! ><

marina (: disse...

- Que texto lindo. O filme então, maravilhoso.
Eu choro toda vez que assisto [/mt besta aqui >.<
HAHAHAHHAH '. Adorei (: