Páginas da vida.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Uma ótima imitação. E uma péssima realidade...

Entre tantos erros e conflitos dentro da minha vida, eu procuro entender o porquê de apenas uma coisa. Ultimamente eu vejo , o quanto a inveja está penetrante entre a minha vida. Ultimamente eu tenho percebido o quanto as pessoas insistem em querer ser praticamente, outras. Eu tenho medo, de algum dia sair prejudicada, no meio de tanto mau olhado, e de tanto conflito. Há razões exatas, porém, ainda estou procurando um motivo único pra tudo isso.
Inveja. Procurei entender tamanha depressão e não cheguei a determinada resposta. Se eu pudesse resolver isso logo de uma vez, perguntaria se alguém poderia matar toda a inveja do mundo, de uma só vez. Porém, não é o suficiente.
Eu estou em uma determinada situação de medo e angustia. Cheguei a pensar em vários motivos para declarar uma inveja sequer, sentida em relação a mim. Então percebo que talvez isso seja natural. Ou melhor, seja uma necessidade constante de ter apenas o que eu tenho. Minha mãe sempre diz que tenho que tomar cuidado com palavras negativas, e fazer diversas simpatias, entretanto, não vai adiantar. Porque querer ser outra pessoa? Porque querer tudo o que a outra pessoa quer ou apenas, tem? Com certeza, isso só traz infelicidade. Porém, permaneço com o coração na mão. Ele já me aconselhou para me afastar dessas pessoas
“exageradas” que simplesmente não se conformam com o que são. Logo, fico desanimada e triste, por saber que eu sou errante e muitas vezes não sou um bom exemplo.
A cada dia, percebo que a inveja invade o meu ambiente, e a pessoa que ressente, sofre de sufoco, pois a cada dia a tal inveja cresce. Porém percebo o quanto tenho de pessoas me aplaudindo de pé. O quanto tem admiradores das minhas derrotas. Particularmente, eu passei a adorar invejas, porque além delas fazerem minha fama, aumenta meu sucesso.
Então ai vai um pequeno conselho da alma, do coração, e da precisão: Só inveje uma pessoa, se for capaz de ser melhor. Se for capaz de acertar todos os erros da pessoa que você tanto admira. Lembre-se nunca tente derruba-la porque certamente, sua queda será maior. Só inveje essa pessoa se tiver a capacidade de enfrentar os mesmos erros, e os mesmos obstáculos da melhor maneira possível. Se realmente, for capaz de superar, e levar a vida que essa outra pessoa leva, eu realmente vou ter que te aplaudir e dizer: parabéns, você consegue ser uma ótima imitação. E uma péssima realidade.

5 comentários:

Márcinha Mendonça disse...

Infelismente flor, estamos sujeitas a este tipo de Inveja e de pessoas, nunca estão satisfeitas com o que tem, ou então sempre querem imitar o que é nosso, ainda bem, que cada um tem seu talento e este não pode ser copiado, vem da alma, pior do que imitadores, são as pessoas dissimuladas e manipuladoras, estas temos que manter o olho bem aberto mesmo, como diz Raul Seixas,, Quem não tem colirio usa oculos escuro, contra inveja eu coloco o meu e ligo o Botão do F.. srsr, Beijos Flor

Tati Alves disse...

oie é isso mesmo! sempre existe essa coisas! to te seguindo me segue tbm?http://tatianealvesoliveira.blogspot.com/

Eu, o ΞĐU disse...

Olá, Aline...
Navegando pela internet, achei este seu espaço...
Olha, muito bom o seu blog, suas idéias, sensibilidade e seu bom gosto...
Parabéns pelo trabalho! Estou te seguindo.
Saudações,
EDU (http://edurjedu.blogspot.com)

dear sarah disse...

Odeio a inveja, simplesmente odeio com todas as minhas forças.
Mas existem pessoas que as pratica e não está nem ai pra quem vai afetar.

É só não se deixar afetar, não se misture querida!
um beijo.

Descobrindo Mundos disse...

Com certeza, inveja é a pior coisa que existe, se não fosse ela não teríamos tanta violência, já que a mesma ocorre porque as pessoas desejam o que é do outro, as pessoas não estão fazendo por merecer, simplesmente querem de alguma maneira e não batalham por aquilo, e isso desanima os verdadeiros criadores de tais coisas.